Em busca dos tempos modernos

Por: Marcos Antonio Araujo

No último 25 de maio é comemorado o dia da indústria, mas essa data não é somente uma data comemorativa, mas uma oportunidade para debater a importância da indústria no desenvolvimento econômico e social do país. Segundo os dados da FIESP, a indústria fechou em 2016, 11 mil postos de trabalho devido à crise da atual conjuntura nacional. Mas esses números não são somente reflexos da crise econômica que o país atravessa, mas uma soma de variados fatores.
Nesse mesmo cenário, vimos um país que desponta como um dos maiores produtores de commodities (veja mais no link: http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/commodities.htm). Apresentando uma grande extensão de terras férteis para plantação e riqueza mineral diversificada, com isso, temos um país que sobrevive graças aos números positivos gerados pelo agronegócio. Mas desse panorama, não há somente pontos positivos, em sentido econômico, porém um sistema que depende necessariamente do agronegócio e da dilapidação de nossas riquezas minerais sendo produtos de baixo valor agregado, fazendo com que o Brasil não se enriqueça verdadeiramente.
Sendo assim, a economia brasileira não deve ser dependente do agronegócio, e sim ter uma política de estado para a reconstrução da sua indústria nacional. Nesse caminho, a política de estado, adotada, deverá ter como regra, três palavras que se cruzam em um desenvolvimento econômico rico e sustentável: tecnologia, inovação e principalmente um fator chave a educação. Uma educação transformadora, para formar novos cidadãos cientistas que prepararam o Brasil para os tempos modernos que virão e nada mais propício que escola, para jogar a semente do progresso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s