Nossos ciclos acabam e recomeçam e a Comunidade da Etec de Sapopemba cresce cada vez mais

Montagem.2

Por Denis Le Senechal Klimiuc

A Etec de Sapopemba está prestes a comemorar seus 10 anos de vida, o que significa que uma das grandes conquistas da Fazenda da Juta já está ficando grande. Desde sua inauguração, em outubro de 2007, a conquista pelos cursos, prédios bem instalados e iluminados, ambientes adequados ao aprendizado e tudo que faz os alunos e ex-alunos se orgulharem – tudo se tornou uma batalha atrás de outra.

Mas que bom que tudo se transformou, não é mesmo? A Etec de Sapopemba fechou este primeiro semestre de 2017 com 1308 alunos, o que significa que são, teoricamente, mais de 1300 famílias participando ativamente da vida de seus adolescentes e jovens adultos, cujos resultados dentro de sala de aula se refletem no sucesso no mercado de trabalho. E isso também é uma grande batalha.

Tudo se transforma no dia a dia da Etec de Sapopemba porque as batalhas dos professores, funcionários e alunos é genuína; a esperança por um futuro melhor não é apenas um velho clichê, mas sim a prática diante de tudo o que se espera ao sair de casa e vir ensinar, trabalhar, estudar… E tudo vale a pena justamente porque todo mundo luta pelo mesmo objetivo: a educação.

Os resultados no final de cada semestre – às vezes uma puxada de orelha – e a expressiva quantidade de ex-alunos que continuam visitando o ambiente significa que o sucesso desta empreitada que há quase uma década luta para crescer tem, sim, marcas profundas nas vidas daqueles que por aqui passaram, passam e passarão.

Se você fez ou faz parte desta história que está prestes a encerrar um ciclo, nós, da Etec de Sapopemba te agradecemos por sua participação em nossa luta por melhores ofertas de ensino. Se você quer ingressar em um de nossos cursos técnicos, seja bem-vindo! Esperamos por sua participação, pois ainda temos muita história para fazer.

Anúncios

Kings of Juta – A música como ferramenta de um desenvolver-se mais HUMANO

Kings of Juta - Integrantes

Kings of Juta – Integrantes

Por Antonio Cavalcante

A Banda Oficial da Etec de Sapopemba: Kings of Juta (nome escolhido pelos alunos em votação realizada aqui no blog) é um Projeto desenvolvido pelo Prof. do Curso Técnico em Redes – José Renato e coordenado, juntamente, com o Auxiliar Docente – Antonio Cavalcante. Onde, por meio da música (mesmo que indiretamente) são trabalhados aspectos que passam longe de apenas pegar um instrumento, afiná-lo e tocá-lo.

À luz da Psicologia Social, como sendo uma das inúmeras teorias possíveis de se analisar e conceituar o que ocorre nesse meio, podemos discorrer sobre a formação de um Grupo Social. Haja visto que a banda é formada por alunos e funcionários (cada qual com suas características próprias, herdadas de suas histórias pregressas, trabalhadas e trazidas para as relações do dia a dia), agora, desempenhando os mesmos papéis sociais, desconfigurando o padrão ao qual estão “empregados”, onde os alunos desempenham os seus próprios e os funcionários assim também os fazem, o que podemos “tirar” disso? Há algo benéfico? Ou há apenas um momento onde todos se unem em prol de um ideal, doando aquilo que sabem fazer e que, trata-se de algo em comum entre todos, visto que o resultado final disso é a música… Resumindo: compartilham de um hobby?

O que ocorre nesse processo (da montagem de um setlist até os ensaios) é um conflito de individualidades. Como explica a Filósofa Silvia Lane: “O viver em grupos permite o confronto entre as pessoas e cada um vai construindo o seu “eu” neste processo de interação, através de constatações de diferenças e semelhanças entre nós e os outros”. E, por fim, quando diante do público, na hora de demonstrar tudo aquilo o que foi trabalhado, passa-se por uma relação público – banda, onde um determina o comportar-se do outro. Em outras palavras, o se comportar dos elementos da banda afeta o comportamento do público e vice-versa. Temos aí, o que na Psicologia Comportamental chamamos de Tríplices Contingências (Estímulo -> Resposta -> Consequência).

Por fim, não há como não dizer que não há algo benéfico. Um indivíduo, a partir do momento em que passa a desenvolver uma atividade que considere prazerosa, como tocar algum instrumento ou cantar (busquemos nos enquadrar nisso), ele se doará ao máximo para a mesma, onde um conjunto de características bio-fisio-sócio-psicológicas peculiares ao indivíduo vão sendo alteradas neste processo. E nesse alterar podemos, porquê não, dizer que ele passa a se desenvolver melhor e não vamos focar em seu papel “aluno”. Ele passa a se desenvolver melhor como SER HUMANO.

Parafraseando Mário Quintana: “As músicas não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas. As músicas só mudam as pessoas.”

Os cursos que fazem a diferença no mercado de trabalho

mercado_de_trabalho

Por Denis Le Senechal Klimiuc

Desde sua inauguração, em 2007, a Etec de Sapopemba cresceu em ritmo acelerado, acompanhando as vontades e necessidades de seus alunos, professores e, sobretudo, região na qual está localizada. Hoje, com cerca de 1300 alunos distribuídos em seus cursos técnicos e de Ensino Médio, a Sapopemba vê que seu passado, ainda que recente, gerou frutos inquestionavelmente promissores, seja através dos diversos alunos que seguiram carreiras e criaram exemplos a serem seguidos, seja por aqueles que esculpiram suas formações acadêmicas graças à influência dos colegas de classe e dos inspirados professores.

Com isso, a Etec se orgulha em ter como parte uma comunidade escolar ativa, na qual pais e alunos interagem conosco constantemente, oferecendo melhorias e soluções para crescermos ainda mais. Por sua vez, nosso time docente conta com profissionais de diversas áreas, seguindo as exigências dos cursos ministrados nesta Unidade Escolar, a qual integra-se ao Centro Paula Souza como uma das mais novas e ativas Escolas Técnicas Estaduais.

Uma Etec preparada para o mercado de trabalho

Para saber um pouco mais sobre a Etec de Sapopemba, convidamos você a visitar nossa Unidade Escolar, conversar com nossos professores e funcionários e comprovar que toda a estrutura desta escola oferece, de fato, oportunidades de crescimento e aprendizado a todos os seus alunos. Seja através das inspiradas aulas de Educação Física, que promovem formas de exercícios completos aos seus alunos do ETIM (Ensino Técnico Integrado ao Médio), seja em qual modalidade do técnico for: Administração, Alimentos ou Informática.

Os alunos da área de Alimentos, do ETIM ou do curso técnico, possuem laboratórios completos de panificação,  processamento e microbiologia; os alunos dos cursos de Redes de Computadores e Informática, por sua vez, encontram profissionais gabaritados para transmitir o conhecimento necessário para inserir cada um deles no mercado de trabalho – a aproveitam os laboratórios de informática muito bem, por sinal; já os alunos dos cursos de Marketing e Administração percebem em seus professores a inserção direta ao conhecimento teórico e prático que as áreas de comunicação e gestão necessitam.

Encontre na Etec de Sapopemba, por fim, uma Unidade Escolar preparada com o que há de melhor no mercado de trabalho: o ensino de qualidade superior do Centro Paula Souza, professores preparados para transmitir conhecimento com excelência, estrutura recentemente renovada para permitir ainda mais o aprendizado perceptivo de cada aluno e, é claro, a união de cada mente fresca e aberta que, ao passar pelo Vestibulinho, se prepara para fazer a diferença lá fora!